Como gerar o SPED Contábil no Ax 2012 com dados do Ax 2009 – Parte 1

Disclaimer: As informações expressadas neste post são interpretações pessoais e não refletem de forma alguma àquelas do meu empregador. Todo o conteúdo aqui publicado é oferecido "AS-IS", sem nenhuma garantia ou direitos oferecidos


Conversando com alguns amigos que me perguntaram qual seria a maneira mais rápida de transportar a contabilidade do Ax 2009 para o Ax 2012 surgiu a idéia de usar o arquivo que a consolidação contábil gera.

Para quem não conhece a feature de consolidação, ela tem dois modos: Online e off-line.

A consolidação online consolida os dados das empresa na empresa consolidadora na mesma partição, já a off-line gera arquivos em um formato txt bem simples de se trabalhar. O único problema é que as transações contábeis são agrupadas.

image

O time de localização do Brasil disponibilizou no passado uma funcionalidade na consolidação que faz a consolidação transação a transação. Procure o checkbox “Transferir somente transações” no form de consolidação.

 

 

 

 

Junte essa funcionalidade e a consolidação offline e já temos meio caminho andado para ter o SPED no Ax 2012!

Eu digo meio caminho andado pelo seguintes problemas:

· A consolidação não leva as transações de abertura, e a falta dessa informação causa problemas no saldo inicial das contas em janeiro.

O método responsavel por isso é \Classes\LedgerConsolidate\sumUpTransact.
Procure a linha:
   
query.dataSourceTable(tableNum(FiscalCalendarPeriod))
E adicione a seguinte chamada:
  qbds.addRange(fieldNum(FiscalCalendarPeriod, Type)).value(queryValue(FiscalPeriodType::Opening));

Eu recomendo fortemente usar um checkbox para ligar e desligar essa alteração no form da consolidação, ainda mais caso a empresa ja venha usando a consolidação durante o uso do Ax 2009.

· O Ax 2009 não classifica as transações de fechamento das contas e isso causa um problema no registro que mostra transações de fechamento.

· O plano de contas não é exportado com todos as propriedades, porém caso ele seja o mesmo basta corrigir depois diretamente no Ax 2012.

Esses problemas devem ser resolvidos para que a integração funcione corretamente. O primeiro é resolvido facilmente com uma customização no Ax 2009 o segundo já é mais chato mas pode ser resolvido com um job direto no Ax 2012.

O formato do arquivo de exportação é super simples, ele é dividido em registros de 1 a 5:

1. Plano de contas (LedgerTable)
2. Transações– usado apenas na importação, importa dados de alguma versão antiga
3. Orçamento
4. Empresa (somente contém o companyId e se o arquivo tem todas as transações)5. Transações – usado na exportação e tem todos os dados necessários para importar as transações.

As informações que são exportadas podem ser facilmente verificadas em:
\Classes\LedgerConsolidateFile\export

O exportação pode até ser customizada para exportar dados como a conta pai e tipo da conta.

Para importar os dados no Ax 2012 é necessário alguns ajustes na importação.

[]’s e até a próxima parte!