Dynamics AX 2012 Technical Conference - Day 1

 

Olá pessoal. Faz tempo que não escrevo aqui no weblog. Recentemente fui convidado pelo Matiazo para fazer alguns highlights do Technical Conference que está sendo realizado aqui em Seattle no meyenbauer center.

 

 

 

 

Quem quiser saber mais sobre o evento clique aqui.


Hoje foi o primeiro dia e muito produtivo apesar das apresentações terem começado a 1 da tarde. As sessões do primeiro dia foram rápidas e preparadas pela AXPC (antiga AXPAC). Segue a agenda:


The upgrade story


Aqui o apresentador demonstrou como foi capaz de fazer o upgrade do AX 2009 para o AX 2012 em 4 semanas (difícil de acreditar...) em sua própria empresa, Arbela, que hoje usam AX para controle interno). Mas o interessante aqui foi que ele usou algumas métricas como por exemplo descobrir em qual categoria o "upgrade"daquela empresa se encaixa:

 

  • Standard - upgrade de porte pequeno
  • Hybrid - upgrade de porte médio
  • Reimplement - upgrade pesado (nova implementação)

 

Alguns dos fatores que interferem na classificação:


- Se o cliente tem camada de muito desenvolvimento

- Se a implementação é global/local

- Como encaixar novas funcionalidades (financial dimensions por ex)

- Segurança (rever toda a parte de segurança é mto importante)

- Performance dos upgrades tools (avaliar tempo)

- Janela de downtime (normalmente 48 horas)


Upgrade Roundtables - Dynamics AX 2012 Data Migration Upgrade Experiences: The Good, the Bad, and the Ugly


Nessa parte fomos divididos em 2 salas, uma para ver a Data Migration Tool e essa que fala sobre a experiência do palestrante sobre upgrades. Acabei indo para o prático, mesa #2.

 

Principais pontos do palestrante, aqui colocados em ordem que julgo lógica:

 

  • Limpar a base de dados - quanto mais limpa a base de dados melhor para se trabalhar. Use as ferramentas de limpeza nativa do AX (que tamanho tem sua salesparmtable?)
  • Leia sobre "intelligent data management" e como utilizá-la
  • Muito importante seguir e completar o upgrade checklist, resolvendo todos os erros e a cada passo realizar backup do banco de dados do AX
  • Usar ferramentas nativas do SQL Server para identificar problemas de performance (performance analyzer/profiler)
  • Planejar "FULL TEST RUNS", ou seja, testar do começo ao fim e algumas vezes
  • Criar lista de "tarefas pós upgrade" para validar tudo o que foi executado (por exemplo pedir para o accounting verificar os balanços contábeis)
  • Aproveitar ao máximo possível dos recursos de hardware (multithreading)

Leveraging the Microsoft Stack with Dynamics AX 2012 to Enhance BI and Reporting

 

Aqui o palestrante dirigiu a atenção do público para as ferramentas de BI do SQL Server. Pelo fato do AX não construir uma DW para fazer a coleta dos dados, ele basicamente copiou o banco do AX para um novo banco no SQL e trabalhou com os cubos lá. 

 

Não é talvez recomendado claro pois podemos encontrar situações onde as perspectives por currency no AX não poderem ser utilizadas, mas creio que se estivermos trabalhando com data size de teras talvez seja a solução mesmo.

 

O palestrante frisou e concordo - "...SSRS reports are always underestimated..." então temos que dar mais atenção aos SSRS que no AX 2012, posso dizer, requer certa paciência =)

 

Utilizing Community Resources

 

O objetivo principal aqui dessa palestra foi direcionar o público a "caça de conteúdo". E isso foi claro para mim quando fui procurar saber um pouco mais sobre o Data Migration Tool que a microsoft colocou em beta. Nessa época procurei e achei no Information Source. Porque todo esse conteúdo está tão espalhado? Essa foi uma pergunta real para a palestrante que não respondeu...

 

A próxima tabela foi a que vimos no slide da apresentadora, "the big picture", uma matriz com todos os sites e que acho que resume muito bem o que vimos na apresentação:

 

 

Por hoje é só, até o próximo dia!